Mulher se esconde em banheiro de igreja para fugir de ex-marido em Gurupi; suspeito foi preso

Homem descumpriu medida restritiva e perseguiu a ex-companheira. Suspeito foi preso dentro da casa da vítima enquanto esperava que ela retornasse. Um homem foi preso em Gurupi por descumprir uma medida protetiva e perseguir a ex-companheira. A mulher teve que se esconder no banheiro de uma igreja com os filhos por medo de ser agredida pelo ex-companheiro. O suspeito foi preso neste domingo (1º). A vítima contou à polícia que estava na igreja com os quatro filhos, na noite de sábado (31), quando foi informada de que o homem estava lhe procurando. Com medo, ela se escondeu no banheiro do templo com as crianças até o suspeito ir embora. Quando ela saiu do esconderijo foi informada de que o homem havia entrado em sua casa e estava esperando. A mulher passou a noite na casa de um dos membros da igreja e na manhã de domingo (1º) pediu apoio da Polícia Militar para voltar à sua residência. O homem continuava na casa da vítima e foi preso por descumprimento à medida protetiva. Ele foi levado para a delegacia e autuado em flagrante. Outro caso Na madrugada de sábado (31) um homem de 45 anos foi preso em Gurupi após agredir a companheira com socos no rosto. A mulher de 35 anos ficou com a boca cortada após ser golpeada várias vezes. O suspeito foi preso no local onde o casal vivia e levado para a Central de Flagrantes de Gurupi. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal no contexto da Lei Maria da Penha. Denuncie Denúncias de violência doméstica podem ser feitas pelas vítimas mesmo sem sair de casa. De acordo com a polícia, o número de casos e a gravidade das agressões têm aumentado durante a pandemia. Por isso foi criado um link específico para estes crimes na Delegacia Virtual. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Mulher se esconde em banheiro de igreja para fugir de ex-marido em Gurupi; suspeito foi preso
Homem descumpriu medida restritiva e perseguiu a ex-companheira. Suspeito foi preso dentro da casa da vítima enquanto esperava que ela retornasse. Um homem foi preso em Gurupi por descumprir uma medida protetiva e perseguir a ex-companheira. A mulher teve que se esconder no banheiro de uma igreja com os filhos por medo de ser agredida pelo ex-companheiro. O suspeito foi preso neste domingo (1º). A vítima contou à polícia que estava na igreja com os quatro filhos, na noite de sábado (31), quando foi informada de que o homem estava lhe procurando. Com medo, ela se escondeu no banheiro do templo com as crianças até o suspeito ir embora. Quando ela saiu do esconderijo foi informada de que o homem havia entrado em sua casa e estava esperando. A mulher passou a noite na casa de um dos membros da igreja e na manhã de domingo (1º) pediu apoio da Polícia Militar para voltar à sua residência. O homem continuava na casa da vítima e foi preso por descumprimento à medida protetiva. Ele foi levado para a delegacia e autuado em flagrante. Outro caso Na madrugada de sábado (31) um homem de 45 anos foi preso em Gurupi após agredir a companheira com socos no rosto. A mulher de 35 anos ficou com a boca cortada após ser golpeada várias vezes. O suspeito foi preso no local onde o casal vivia e levado para a Central de Flagrantes de Gurupi. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal no contexto da Lei Maria da Penha. Denuncie Denúncias de violência doméstica podem ser feitas pelas vítimas mesmo sem sair de casa. De acordo com a polícia, o número de casos e a gravidade das agressões têm aumentado durante a pandemia. Por isso foi criado um link específico para estes crimes na Delegacia Virtual. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.