Furto de cabos afeta rede de água e causa prejuízo de R$ 150 mil em Mucajaí, diz governo

Foram furtados cerca de 180 metros de cabos no último dia 31 de julho e mais 450 metros nessa quinta-feira (5). Um boletim de ocorrência foi registrado pela Companhia de Água e Esgoto de Roraima (Caer). Furto de cabos prejudica abastecimento de água e gera prejuízo de $150 mil para a Caer Divulgação/Governo de Roraima O furto de cabos de cobre de 95 mm, que conduziam energia elétrica para o sistema de captação de água em Mucajaí, região Sul de Roraima, prejudicou o abastecimento da cidade e gerou um prejuízo de R$ 150 mil reais à Companhia de Água e Esgoto de Roraima (Caer), informou o governo nessa quinta-feira (5). Segundo o governo, os furtos aconteceram em dois dias. O primeiro, no dia 31 de julho, onde levaram 180 metros de cabos e o último nesta quinta-feira, em que mais 450 metros foram furtados. Conforme os responsáveis pela Caer no município, é possível que os infratores tenham conhecimento de eletricidade e o horário de desligamento do sistema, quando aproveitam esse período para realizar cortes precisos nos cabos, serrar a tubulação e realizar o furto. Ainda de acordo com o governo, a empresa registrou um boletim de ocorrência na delegacia local para apuração dos fatos e responsabilização dos autores do crime. Uma equipe técnica da companhia foi acionada para fazer a substituição do material furtado. Durante o trabalho de recomposição do sistema, o abastecimento de água na sede do município, será mantido pelos nove poços artesianos ativos, informou o governo.

Furto de cabos afeta rede de água e causa prejuízo de R$ 150 mil em Mucajaí, diz governo

Foram furtados cerca de 180 metros de cabos no último dia 31 de julho e mais 450 metros nessa quinta-feira (5). Um boletim de ocorrência foi registrado pela Companhia de Água e Esgoto de Roraima (Caer). Furto de cabos prejudica abastecimento de água e gera prejuízo de $150 mil para a Caer Divulgação/Governo de Roraima O furto de cabos de cobre de 95 mm, que conduziam energia elétrica para o sistema de captação de água em Mucajaí, região Sul de Roraima, prejudicou o abastecimento da cidade e gerou um prejuízo de R$ 150 mil reais à Companhia de Água e Esgoto de Roraima (Caer), informou o governo nessa quinta-feira (5). Segundo o governo, os furtos aconteceram em dois dias. O primeiro, no dia 31 de julho, onde levaram 180 metros de cabos e o último nesta quinta-feira, em que mais 450 metros foram furtados. Conforme os responsáveis pela Caer no município, é possível que os infratores tenham conhecimento de eletricidade e o horário de desligamento do sistema, quando aproveitam esse período para realizar cortes precisos nos cabos, serrar a tubulação e realizar o furto. Ainda de acordo com o governo, a empresa registrou um boletim de ocorrência na delegacia local para apuração dos fatos e responsabilização dos autores do crime. Uma equipe técnica da companhia foi acionada para fazer a substituição do material furtado. Durante o trabalho de recomposição do sistema, o abastecimento de água na sede do município, será mantido pelos nove poços artesianos ativos, informou o governo.